• Seja bem vindo !

    Este site foi criado com o objetivo de divulgar a Umbanda e seus ensinamentos, atingindo não apenas os que frequentam nosso Templo, mas todos que se interessarem pela religião. Aqui você encontrará textos sobre rituais e normas de nossa Casa, reflexões da nossa Mentora, preleções das Entidades Chefes, temas desenvolvidos por médiuns da Corrente e de Saúde e Medicina Espiritual. Leia Mais
  • Nosso Livro

    O livro "Mensageiros da Espiritualidade" traz relatos ditados pelas Entidades Chefes e pela Mentora Espiritual do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em um manifesto aos seus filhos, frequentadores e à humanidade, sobre os preceitos e conduta que regem a Umbanda Sagrada nos dias atuais... Leia Mais
  • Conheça nossa página do FaceBook

    https://www.facebook.com/Templo-Espiritual-De-Umbanda-Caboclo-Pena-Verde-212423025776472/ Leia Mais

O Formigueiro

Tenho o costume de refletir sobre os acontecimentos do dia, quando me deito à noite e lembrei-me então de um fato curioso que me ocorreu em um destes dias.

Ao término de um dos trabalhos espirituais da Linha Médica, me aproximei de uma consulente para perguntar o estado de saúde de sua filha, quando ela me respondeu que para ela (Mãe), o Templo Caboclo Pena Verde, era o lugar onde encontrava respostas, além de ser um sustento e paz espiritual, um apoio que sem as energizações e orientações da Casa, não saberia como carregar tamanha carga de problemas, uma vez que sua filha sofria de problemas psiquiátricos, o que a trouxe a Casa em busca de ajuda. Porém para ela, a filha havia piorado, desencadeando surtos violentos, apesar de naquele momento se encontrar mais serena, perguntou então o que significava tamanha reação.

Lembrei imediatamente de uma analogia que minhas Entidades fazem para exemplificar claramente o que significa um tratamento espiritual, é como mexer em um formigueiro.

Ele se forma gradualmente com o trabalho de inúmeras formigas e o acúmulo de materiais naturais encontrados ao longo do caminho por cada uma delas que sem medir esforços carregam muitas vezes um peso maior que seu corpo, depositando de forma organizada até formarem um lugar que irá proteger e alimentar sua rainha, as centenas de larvas e milhares de formigas.

Geralmente o local escolhido é para elas o mais seguro e adequado para a construção de um lar, a Natureza é muito sábia, e as formigas como parte desta Natureza agem da mesma forma, sábia e organizada, isso já comprovado cientificamente.

Mas para o homem, nem sempre um formigueiro é algo insignificante, que passa despercebido, mas sim extremamente incômodo e quanto maior mais inspira arruiná-lo.

Somente em vê-lo, pensamos muito em destruí-lo de todas as formas, jogando inseticida, espalhando ou queimando, seja como for, no primeiro momento elas se dissipam, causando um grande alvoroço, um grande descontrole, e nossa primeira reação com o que vemos é o arrependimento por aparentemente ter piorado a situação. Mas depois de limpo tudo se acalma, e neste local as formigas não voltam mais, exatamente por serem inteligentes o suficiente para saberem que lá é inseguro e todo seu esforço na construção de um abrigo será combatido e em vão.

É também assim em nosso Templo, quando a espiritualidade atua em alguém, quebrando e espalhando todos os acúmulos de energias condensadas de vidas passadas que se acumularam com o tempo e que ainda influenciam na sua atual missão neste plano terrestre, assim como um formigueiro em formação e expansão.

Neste momento a tendência é uma reação contrária ao esperado, ao desejado, pois assim como as formigas se espalham para fugir do perigo e buscar proteção, as energias, os espíritos envolvidos, também se rebelam porque seu lugar de influência está sendo afetado por uma energia contrária, causando um grande alvoroço e um desequilíbrio momentâneo de uma aparente piora da situação.

Esses espíritos influenciadores são afastados e doutrinados por Mentores espirituais e como as formigas, usando de sua sabedoria sabem que não poderão mais interferir na vida dessa pessoa, usando de sentimentos ruins acumulados de vidas passadas, e assim se afastam e usando do livre arbítrio seguem no sentido da evolução espiritual ou escolhem o caminho da permanência longe da luz, buscando outras vítimas mais expostas e fragilizadas.
 
Portanto, mexer com a espiritualidade, se submetendo a sua força organizada, é muito mais do que absorver energias positivas e eliminar as negativas, é gradualmente construir ou reconstruir, retomar uma vida espiritual prospera, sobre base sólida, eliminando por completo as interferências de conceitos errados e obsoletos, lembranças de um passado já superado, abandonando de uma vez os temores, o medo, as incertezas, a insegurança, rancores, revoltas e vinganças, pois estas são como ervas daninhas que sufocam e impedem sua felicidade e seu crescimento.

Senti a reação desta pessoa como mais um momento de esclarecimento, que leva a esperança e aguça a fé, alcançando a cura de um mal que na maioria das vezes está enraizado em nós mesmos, mas que não nos permitimos ou não temos ajuda para enxergar ou não lembramos e persistimos no mesmo caminho e assim sempre culpamos aos outros e ao mundo.

Não devemos esquecer também que as formigas de forma positiva são extremamente perseverantes no seu trabalho, elas não desistem mesmo que vejam destruído todo seu esforço na construção de sua vida, elas constroem novamente, unidas e com o maior empenho sem desanimar.

Essa insistência também se vê na persistência dos espíritos malignos tentando de varias formas retomarem os espaços perdidos até que consciente de seus insucessos, desistem e saem em busca de outros mais favoráveis a seus intentos.

Vamos então tentar imitá-las em seu esforço positivo e nos erguer frente aos obstáculos e reviver a partir de uma nova e renovada realidade, bem como nos colocarmos de forma firme, ajudando a espiritualidade a nos afastar de toda má influência por menor que seja, afinal e a partir das pequenas coisas que se obtêm os maiores valores da  vida, das realizações e da felicidade.
 
Escrito por Sônia Moreno, Mentora e Babá do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde em 28/08/2013