• Seja bem vindo !

    Este site foi criado com o objetivo de divulgar a Umbanda e seus ensinamentos, atingindo não apenas os que frequentam nosso Templo, mas todos que se interessarem pela religião. Aqui você encontrará textos sobre rituais e normas de nossa Casa, reflexões da nossa Mentora, preleções das Entidades Chefes, temas desenvolvidos por médiuns da Corrente e de Saúde e Medicina Espiritual. Leia Mais
  • Nosso Livro

    O livro "Mensageiros da Espiritualidade" traz relatos ditados pelas Entidades Chefes e pela Mentora Espiritual do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em um manifesto aos seus filhos, frequentadores e à humanidade, sobre os preceitos e conduta que regem a Umbanda Sagrada nos dias atuais... Leia Mais
  • Conheça nossa página do FaceBook

    https://www.facebook.com/Templo-Espiritual-De-Umbanda-Caboclo-Pena-Verde-212423025776472/ Leia Mais

Acenda sua Lâmpada

A mente é a ligação da matéria com o espírito, é aquilo que comanda seus pensamentos e atitudes. Sendo assim, uma mente equilibrada com pensamentos firmes permite uma ligação mais pura de seu organismo com o plano espiritual. Funciona como uma espécie de fio de eletricidade em que toda a energia espiritual é passada a matéria. Em suma, a energia é conduzida através da mente para acender uma lâmpada, o corpo. Quanto mais forte essa ligação, mais forte a intensidade da lâmpada. É exatamente isso que deve ser a matéria, uma lâmpada ligada à energia espiritual. 

 

Oxalá é capaz de iluminar quantas lâmpadas for preciso, não importa seu tamanho, não importa sua espécie, sua classe na natureza e no universo, e no que se refere ao ser humano, cabe a cada um manter o seu fio de eletricidade receptível a essa energia, para que se possa manter a luz de sua lâmpada sempre branca e intensa.

Aquele que tem o conhecimento da espiritualidade e assume a religião umbandista como parte de si, deve ao mesmo tempo assumir a responsabilidade de manter sua mente em harmonia com o plano espiritual, firmando seus pensamentos em vontades e atitudes positivas, para si mesmo, para com humanidade e para com a natureza. O equilíbrio psicológico garante a passagem da energia vinda de Oxalá para sua matéria, alimentando seu espírito com toda a força oriunda do plano superior.

De maneira correspondente, uma mente desequilibrada, repleta de pensamentos depravadores e sentimentos degenerativos como raiva, rancor, inveja e tantos outros inerentes ao ser humano, que alimentam a matéria com uma energia completamente distinta e inversa a de Oxalá, tornando sua matéria uma lâmpada ainda acesa, porém de luz negra, que quase nada ilumina e que diante das lâmpadas de luz branca perde toda a força e destaca-se, tornando aparente toda a negatividade, como o incorreto, o errado, como o mau caminho.

Permita-se ser alimentado pela energia de Oxalá, mantenha-se uma lâmpada de luz clara, e aceite a espiritualidade e a doutrina umbandista como a sua fonte de alimentação de luminoso nutriente. Tenha sempre sua mente em equilíbrio e alinhada com o plano superior, torne a relação de sua matéria com seu espírito em algo forte, vivo, de uma dependência sadia, onde um serve ao outro com harmonia, dentro do que esta relação espiritualmente se propõe, e o espírito no uso sério e cuidadoso da matéria assegurando seu crescimento.

Porém, não devemos achar que a nossa capacidade de nos auto iluminar é infinita. Na verdade a capacidade de iluminar é infinita, mas não a de egoisticamente nos auto iluminar, isto é, conseguimos emanar e direcionar nossa luz para onde quisermos, para onde e para quem passarmos, mas não devemos guardar essa luz somente para nós mesmos, não devemos segurar toda essa energia em nós mesmos, para nosso único beneficio, em busca de fortalecimento e crescimento próprio e exclusivo. Caso deseje isso, sua lâmpada não suportará e irá queimar ou mesmo estourar por conta e à custa do intenso calor e a alta pressão de sua ambição, excessiva vaidade, pretensão e profundo desrespeito ao próximo, pelo amor exagerado aos seus próprios valores e interesses. Desejar essa energia apenas para sua lâmpada, não querendo dividí-la com ninguém, isto é o mesmo de não querer, se negar, mesmo reconhecendo a necessidade a ajudar a alguém, é como viver dentro de uma caixa preta que não permite propagar a luz, pois o único jeito de impedir que uma luz se espalhe, é bloquenado-a com algum obstáculo opaco, negro do egoísmo e da avareza do espírito.

Dentro da caixa sua lâmpada estará acesa, mas o único jeito de você segurar e manter essa luz apenas para você, é se trancando dentro dela. Viverá então enclausurado em sua caixa de paredes negras até o momento em que sua ambição, seu egoísmo e seus pensamentos negativos de orgulho e exclusivismo estourarem sua lâmpada. A partir de então, você não só estará sem luz própria como estará preso em sua caixa, aquela que você mesmo construiu. E, da mesma maneira que essa caixa impede sua luz de sair, nenhuma outra luz conseguirá entrar. Cabe então a você reformar todo o seu ambiente íntimo, refazendo toda sua fiação e livrar-se dessa caixa. Ou seja, cabe a você, sozinho, mudar seus pensamentos e condutas, usar filtros de eletricidade da marca “Humildade”, assumir seus erros e buscar ajuda naqueles que possuem lâmpadas fortes e positivas em lugares da mesma correspondência em luminosidade.

Portanto, deseje sim sempre receber mais energia, assim como doar a sua com sabedoria, tenha sempre sua mente voltada para o bem, para as Leis de Oxalá, e nunca queira somente em benefício próprios. Espalhe e propague toda luz que for capaz, irradie o bem, pois esta prática constante faz com que a irradiação seja sempre maior em luz e no bem que proporciona, inclusive e principalmente para aquelas lâmpadas de luz negra que cruzam o seu caminho, que são as maiores necessitadas.

Viemos ao mundo para evoluir e evoluir significa ajudar, traduz-se em pôr em prática a caridade sincera e espontânea. Devemos conquistar na vida terrena aquilo que precisamos para viver de maneira confortável, sem excessos. Não encarnamos para nos enaltecermos, para nos exibirmos, para acumularmos conquistas pessoais e materiais que somente nos favorece ou a alguns poucos, um favorecimento curto, ilusório e enganoso que leva a decadência física e espiritual.

Estamos aqui para aplicar a caridade, praticando a caridade, fortalecemos nossos músculos espirituais e geramos cada vez mais energia que é transferida para mantermos acesa, clara e irradiante nossa lâmpada e assim em processo continuo, iluminamos a tudo e a todos ao nosso redor.

A melhor lâmpada não é aquela que consome mais luz e a concentra somente em si, pois em algum momento irá se esgotar de maneira implacável, sem qualquer resistência para recompor o seu brilho e desta forma mergulha em profunda escuridão, e na penumbra da escuridão fica muito mais difícil para que se possa vê-la e ajudá-la, podendo ficar nesta condição por muito e incalculável tempo.

A melhor lâmpada é sim aquela que sabe absorver a melhor energia, da melhor forma, iluminando, propagando sua luz ao máximo possível, se espalhando e atingindo a todos e a tudo aquilo que a nossa volta se encontra mesmo sem percebermos ou termos a menor noção. Quem se permite emanar a luz que alimenta, é também alimentado por ela e pela que vêm de todas as lâmpadas que consegue acender em uma troca justa e bem coordenada regida por Oxalá.

Texto desenvolvido por Ricardo Moreno, Médium Ogã do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde em 11/11/2010 baseado em mensagem proferida por Dr. Fritz.