• Seja bem vindo !

    Este site foi criado com o objetivo de divulgar a Umbanda e seus ensinamentos, atingindo não apenas os que frequentam nosso Templo, mas todos que se interessarem pela religião. Aqui você encontrará textos sobre rituais e normas de nossa Casa, reflexões da nossa Mentora, preleções das Entidades Chefes, temas desenvolvidos por médiuns da Corrente e de Saúde e Medicina Espiritual. Leia Mais
  • Nosso Livro

    O livro "Mensageiros da Espiritualidade" traz relatos ditados pelas Entidades Chefes e pela Mentora Espiritual do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em um manifesto aos seus filhos, frequentadores e à humanidade, sobre os preceitos e conduta que regem a Umbanda Sagrada nos dias atuais... Leia Mais
  • Conheça nossa página do FaceBook

    https://www.facebook.com/Templo-Espiritual-De-Umbanda-Caboclo-Pena-Verde-212423025776472/ Leia Mais

Breves esclarecimentos a respeito da Gira de Cura realizada no TEUCPV - Parte III (13/06/2012)

RESPEITO, CONCENTRAÇÃO E SILÊNCIO

Não há nada que assuste, alerte ou mesmo ameace o mais valente ser humano, tanto quanto alguma doença, algum sintoma forte ou mesmo o risco da desencarnação. Qualquer espírito encarnado altera sua conduta e seus pensamentos do dia-a-dia frente a um mal que coloque em risco sua integridade física.

Por mais espiritualizado que possa ser o ser humano, frente a um mal físico que lhe aflija a matéria, mesmo que temporariamente, algo de diferente passa em seus pensamentos: “será um castigo?”, “será um aviso?”, “será o início do adeus?”... Evidentemente que não se fala aqui de um quadro gripal, de uma rinite alérgica, de uma alergia a algum produto químico, enfim, trata-se de doenças e afecções orgânicas mais danosas e intensas.

A Espiritualidade Umbandista se baseia no conceito de evolução através de aprendizados, sendo as doenças mais danosas e brutas à matéria um sinal de lição a ser passada, não somente pelo doente, mas também por outros que em vida o acompanham (marido/esposa, filhos, parentes, amigos próximos etc.). Mesmo doenças ditas “leves” têm o seu valor de aprendizado e uma relação com lições ao doente, mas não tão intensas quanto um câncer, uma paralisia, uma infertilidade, um vício em drogas, retardos mentais etc.

Nem todos os casos podem ser resolvidos por completo, um retardo mental por exemplo jamais será restaurado a um estilo de vida normal, até porque essa condição em que veio o encarnado tem o seu motivo, tem o seu valor de resgate e aprendizado, visando a evolução do espírito.

Porém, se por Oxalá for permitido, mesmo os casos gravíssimos ou ditos “terminais” por alguns médicos profissionais, podem ser revertidos, talvez não curados, mas amenizados o suficiente para que o espírito encarnado tenha uma nova chance de entender a mensagem, assumir e corrigir erros, aprender, cumprir missões e viver. 

Por esse poder e consequente responsabilidade em lidar com aquilo que recebe um imenso valor pelos encarnados, a saúde, as Entidades e Orixás ligados à cura merecem o mais sincero e venerador respeito que possa existir, principalmente em relação às Entidades Médicas.

Por tratar diretamente, e com maior conhecimento, tanto a matéria quanto o espírito, as Entidades Médicas ao se firmarem no plano espiritual e assumirem a missão de curar pelo plano superior, e não como encarnado, assumem também um posicionamento muito próximo de Oxalá, uma Luz branca de suprema intensidade, sendo inferior apenas à da Força Vital Maior que nos rege. As Entidades Médicas tratam diretamente dos dois pontos que merecem maior valor pelo encarnado: o espírito e a saúde física. Sem um equilíbrio da matéria, o espírito deixa de ter seus pilares fortes e passa a enfraquecer-se, com um crescente risco de desabar, pois ele, como um encarnado, precisa da matéria para cumprir sua missão. E por outro lado para que uma matéria seja sadia e equilibrada no aspecto físico e emocional, necessita de um espírito maduro, firme e equilibrado, conscientes dos cuidados com a matéria que lhe foi cedida por Oxalá para seu aprimoramento na Terra enquanto encarnado. Sendo assim, ao tratar ambos os pontos citados, as Entidades precisam de uma concentração extrema para trabalhar, pois estarão agindo diretamente através de uma energização muito pura e intensa, que requer muita concentração por parte da Entidade. 

Para tal o ambiente deve ser o mais silencioso possível, não apenas para um melhor trabalho das Entidades Médicas e de Cura, mas também das demais Entidades e Orixás envolvidos na Gira. Esse silêncio é fundamental para que o consulente também se concentre ao receber o passe, a energização ou algum processo mais intenso. Aliás, não apenas no momento do atendimento o consulente deve manter-se concentrado e em silêncio, mas sim durante toda a Gira, para que sinta e receba com mais intensidade toda a energia que está fluindo sobre o Templo. 

De maneira semelhante, todos os filhos de Santo devem manter-se em harmonia com o trabalho de cura, ou seja, focado mais do que nunca no objetivo da caridade, no auxílio ao próximo e no silêncio e concentração dignos de uma Gira de Cura.

Trata-se de uma Gira diferente em que fluirá uma energia diferente, mais pura, vinda de uma proximidade maior de Oxalá. 

Aproveite, desfrute desse momento, mesmo que não tenha nenhuma queixa física, nenhuma dor, nenhum incômodo. Sinta a energia das Linhas de Cura, assimile o poder e doação à caridade, vibre junto com Oxalá nesse momento. 

Reverencie e respeite cada Entidade e Orixá que lá estiverem presentes, bem como o respeito ao Irmão de Fé em sua concentração e emanação dos fluidos, no auxílio à Entidade, mantenha-se concentrado durante a Gira e, em silêncio e oração, entre em harmonia com a energia da Casa e que Assim Seja.

Ricardo Moreno em, 28/04/2012

Terceira e ultima parte.