• Seja bem vindo !

    Este site foi criado com o objetivo de divulgar a Umbanda e seus ensinamentos, atingindo não apenas os que frequentam nosso Templo, mas todos que se interessarem pela religião. Aqui você encontrará textos sobre rituais e normas de nossa Casa, reflexões da nossa Mentora, preleções das Entidades Chefes, temas desenvolvidos por médiuns da Corrente e de Saúde e Medicina Espiritual. Leia Mais
  • Nosso Livro

    O livro "Mensageiros da Espiritualidade" traz relatos ditados pelas Entidades Chefes e pela Mentora Espiritual do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em um manifesto aos seus filhos, frequentadores e à humanidade, sobre os preceitos e conduta que regem a Umbanda Sagrada nos dias atuais... Leia Mais
  • Conheça nossa página do FaceBook

    https://www.facebook.com/Templo-Espiritual-De-Umbanda-Caboclo-Pena-Verde-212423025776472/ Leia Mais

Ato dos Orixás

O Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em seu cerimonial de união de seus Filhos em Casamento, usa de seu atributo como Templo umbandista na aclamação aos Orixás que cultua e segue em seus ensinamentos e na relação com o contexto espiritual que rege nossas vidas em espírito e no mundo material, com forte influência dentro de seus domínios naturais e energia cósmica e seus efeitos sobre o plano terrestre e a natureza humana.

Atuando na formação e conduta moral do ser humano e sua evolução como espírito, na ação sobre todos os seres vivos existentes no planeta, no equilíbrio das energias dos elementos e elementais e tudo mais criado por Deus e governado por Oxalá.

Este Templo e seu Comando Espiritual e em Terra, adota como sustentáculo para a realização do propósito da vida e da fé religiosa que alicerça a união na existência encarnada entre dois espíritos, a benção destes representantes do poder e da divina luz, através do ato de cada um ao casal e a todos que de alguma forma fazem parte de suas vidas. Na demonstração da maior seriedade e respeito mostramos a nossos frequentadores e leitores estes atos para que sabedores deles os adotem no seu cotidiano, pois eles atingem a todos nós e vão muito além da benção a um casal em união carnal e espiritual, eles atingem a essência do espírito humano, seus valores, conceitos, comportamentos e atitudes, tornando-nos pessoas dignas de nosso Criador.

Ato dos Orixás e suas bênçãos a união dos Casais, Filhos do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em laço de matrimônio na Umbanda.

Oxalá

Orixá Governante de todo o Universo, Comandante de todos os Orixás e Planos Espirituais, Senhor do tempo e deste Templo, neste momento abençoa e consolida o ato da espiritualidade, de todos os Orixás e de todos que aqui estão, dando maior consistência e proximidade da Luz Universal ao momento e a continuidade em união do casal, na ação espiritual e material que se concretiza dentro dos preceitos da Umbanda que trata a existência e o propósito do espírito, praticada por este Templo, acolhendo-os no laço em espíritos guiados pelos diferentes critérios da livre escolhida, porém unidos para um projeto de vida e evolução espiritual comum, em comunhão com a missão aos dois destinada. Fazendo de acordo com o livre arbítrio de cada um, o vinculo conjugal sob sua benção e proteção, da ligação de corpos e espíritos uma proposta de conteúdo concreto e de pleno êxito repleta de aprendizado, e não de uma aposta espiritual duvidosa sem valor que possa tirar o significado da presença neste plano.

Oxossi

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, do Orixá Oxossi e do Caboclo Pena Verde de Oxossi da linha dos Orixás fundadores deste Templo religioso, a realização do laço de união em casamento, o despertar do senso de perseverante comprometimento, de dedicação, da abnegação, dos mesmos propósitos na vida comum e da liberdade de propósitos nas conquistas pessoais de cada um, da luta, da fé e principalmente no que acreditar. Do estarem juntos na mesma coragem, lealdade, esperança viva e positiva, no uso da inteligência, do bom senso e disciplina, que da maior resistência contra as adversidades, compartilhar o sacrifício Umbanda.

De forma sincera e verdadeira quando necessário, dividir de forma igualitária as alegrias, colocar-se na dedicação em busca persistente e continua, sem esmorecimento e temores, superando obstáculos, fazendo-se seguros e confiantes para levar ao sucesso das metas e objetivos estabelecidos por ambos, mas principalmente no esforço, na defesa e preservação da amizade e do amor que os une. No apoio incondicional e na coerência da fé e da religião que escolheram.

Iansã Recebam, a partir deste momento na Umbanda, do Orixá Iansã, Mãe e Mentora da Coroa de sua Mentora Espiritual aqui presente em espírito e de sua Mãe de Santo na Fé que os abriga e da Comandante Espiritual dos trabalhos deste Templo, Cabocla Jurema, a sensibilidade firme e madura do amor sem restrições ou imposições, das forças regentes dos elementos atmosféricos, das energias e efeitos da natureza cósmica, da natureza essência do ser humano, a consciência da justiça e equilíbrio, do afeto e amizade, da aliança sincera na defesa ponderada e incansável, interior e exterior, contra todo o mau que possa atingi-los, as ambições e interesses individuais nocivos a uma boa convivência. Consciência da união e da harmonia respeitosa de ajuda mutua na crença e na orientação religiosa. Do reagir com austeridade às injustiças e as imposições de caráter moral condenável. Na não aceitação complacente e submissa de atos espúrios e impensados. No reconhecimento de igualdade justa, da capacidade de reação, da fibra e coragem em busca de um compartilhamento espiritual e físico digno dos preceitos da fé que rege suas consciências.

Ogum

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, do Orixá Ogum, energia Chefe deste Templo, Pai e Mentor da Coroa de sua Mãe de Santo na Fé que os abriga, o vigor físico, mental e espiritual guerreiro, a força da espiritualidade de combate as dificuldades, aos obstáculos e as adversidades. Unidos em sua crença e na vontade de lutar, perseguir de forma obstinada, séria e honesta, seus objetivos, mantendo viva a motivação bem dosada por uma ambição moderada e sadia que leve ao crescimento de ambos em todos os sentidos. Conscientes de que fortes em sua aliança poderão combater todas as forças contrárias, guardados e protegidos por sua fé, por suas convicções, sabedores de que seus maiores objetivos estão totalmente ligados a evolução do espírito e que juntos poderão se fortalecer, reunindo energias que serão transferidas em um significativo grau de importância e encaminhamento dos espíritos que encarnarão corpos vindos desta união física, que transforma e da vida a matéria, bem como a posterior condução da orientação e ensinamento familiar, integro, de aprimoramento do caráter e da opção religiosa que por seu livre arbítrio escolherão na continuidade de sua existência neste plano.

Xangô

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, do Orixá Xangô, o maior significado da igualdade que dá a cada um o direito a suas opiniões e escolhas, dentro do critério de respeito ao direito ao espaço da acomodação física e do momento íntimo, e o entendimento do não prejuízo a nenhuma das partes. O acatar as regras e a disciplina desde que sejam observadas em benefício do casal. Da lógica e da razão racional sem interferências de emoções contraditórias ou de interesse único. Do observar o uso do senso de justiça e do tratamento igualitário, mesmo em meio a conflitos e divergências, naturais ao convívio de espíritos e mentes de diferente formação e experiências de vida. O irrestrito respeito às diferenças, a maturidade de poder, através delas se educarem e aprenderem, contribuindo para o crescimento mutuo, e daqueles que estão ligados em convívio ou gerados a partir desta união.

Fazer valer o sentido da responsabilidade de ambos em medidas justas para um perfeito entrosamento e divisão das atribuições que envolvem um relacionamento dentro de um lar. A clara consciência do não fazer uso de subterfúgios que permitam vantagens ou desvencilhar- se das obrigações dentro e fora do ambiente de permanecia conjugal. O firme propósito da lealdade, fidelidade e honestidade em um compromisso consciente e não de uma obrigação imposta, no sentido e no exemplo que é dado pela Umbanda.

Oxum

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, do Orixá Oxum, o sentimento e o sentido mais profundo do amor em doação recíproca, que a tudo supera, que aniquila e da imunidade aos efeitos do mau momento, que amplia e da maior valor, grandeza e calor envolvente aos bons momentos, da troca sentimental, da alegria, da sensibilidade e do manifesto das boas emoções, da relação com a vida através da essência espiritual pura, do convívio respeitoso com a natureza celestial e seus elementos, com a natureza terrena, humana, ajudando-se mutuamente na adaptação as suas transformações e efeitos. Dosar com a razão o lidar e os cuidados com a emoção, no entendimento e não no julgamento de comportamentos e reações. Agir com imparcialidade e o mesmo respeito com o qual entendam, também devam ser tratados. O estarem presentes e participativos no incentivo a capacidade e aos dons, a aparência física e espiritual. Retribuição verdadeira as demonstrações de afeto, sinceridade e respeito aos momentos de reserva íntima que é de direito de cada um para uma reflexão ou um exame próprio mais profundo. Do conter-se quando da iminência de reações ou palavras ofensivas que causam dor e feridas que podem se prolongar por toda uma vida e além dela.

Do não expressar em nenhum momento qualquer sentimento ou resposta falsa aos apelos do parceiro, fazendo uso da verdade e da honestidade. Fazer balancear com sabedoria e bom senso, os sentimentos de origem externa sem permitir, com maturidade que possa causar qualquer prejuízo ao relacionamento. O amor sensível e caridoso a tudo e a todos os semelhantes, que se expressa através da fé e do caminhar, unidos na trilha de luz da trajetória umbandista.

Iemanjá

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, do Orixá Iemanjá o poder das realizações, do cumprimento com êxito das metas e objetivos do casal ou individuais desde que bem alinhados com propósitos lícitos e merecidos, dentro do objetivo conjugal.

Do cumprimento com seriedade e compromisso responsável das normas e regras que regem a união entre dois espíritos, para uma convivência em uma missão terrena harmoniza e bem dirigida. Do fazer realizar com real desejo e consciência, tudo o que se comprometem a fazer um pelo outro, em pró do casal ou a qualquer outra causa conjunta, sem falha ou dentro de um contexto de justificativa verdadeira, dando com este comportamento uma maior segurança à relação de confiança, do poder contar a qualquer momento, em qualquer circunstância, um com o outro. Saber reconhecer, isentos de vaidades, sentimentos de grandeza, soberba, arrogância e julgamentos inconsequentes, os defeitos e virtudes de cada um, auxiliando no corrigir e no aprimorar. Sentirem-se aliados, defensores obstinados do bem estar e da felicidade, confidentes e cumprisses no melhor sentido da palavra. Firmes e honestos no olhar, no se expressar, no pensamento, no ato íntimo e no que dizer. Observar todos os ensinamentos de sua fé, de sua religião e aplica-los de maneira fiel e convicta.

Nanã Buruquê

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, do Orixá Nanã Buruquê, a maturidade que dará equilíbrio e contenção as impulsividades, impaciência e intolerância. A sabedoria para lidar com as contrariedades nos momentos de exaltação que possa gerar desentendimentos, mágoas e rancores. No controle dos excessos e abusos de vícios de toda espécie, inclusive os comportamentais, praticados por um ou por outro, contra si, contra o parceiro ou contra a relação conjugal. Observar com total atenção, a harmonia, tranquilidade, serenidade e a prudência que dará ritmo e profundidade a união, permitindo o despertar lúcido do amor que faz nascer o sentimento e a consciência materna e paterna, preparando-os para servir em missão aos novos propósitos espirituais enviados ao mundo e a tão nobres desígnios, somente dado ao ser humano por Oxalá. A energia madura para que, de forma mutua sejam, conselheiros, consoladores, orientadores e enaltecedores das boas qualidades. O saber ouvir e interpretar com consciência, o uso das palavras certas e objetivas, o saber se calar quando o momento exigir, o saber refletir quando da critica que alerta. A grande paciência no lidar com as falhas e defeitos de seu par. Da capacidade de aceitação dos próprios erros, de reconhecimento da necessidade de melhorar, dando a chance de se redimir, no propósito de manter vivo o laço do amor e da união que dão sentido ao casamento. No saber servir com total doação a Umbanda, reconhecendo-a como sua religião.

Obaluaiê/Omolu

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, da união dos Orixás Obaluaiê e Omolu, unidos em forte e vibrante corrente com a Linha Médica Espiritual no plano espiritual e neste Templo, todo amparo, equilíbrio de uma sólida base de energia que ocupa o espírito em seu vigor energético, do corpo físico na vitalidade da matéria e de seus pontos vitais, fazendo suas funções orgânicas saudáveis e correspondentes com as exigências da missão.

Da estabilidade da mente e da emoção, do auto domínio e da prudente moderação, na lucidez harmoniosa dos sentidos, sentimentos e emoções, dos cuidados e preservação dos dons naturais, para o perfeito desempenho de suas missões sobre este mundo. Despertando o valor do espírito e seu significado, no entendimento e no claro saber da existência e da necessidade do ato transitório espiritual entre os planos criados por Oxalá para a perfeita orientação em vida encarnada no caminho do aprendizado, aprimoramento e evolução, do nascer ao se desprender da matéria, onde as diferenças de comportamentos, atitudes, opiniões, aptidões e toda experiência adquirida durante toda sua existência como espírito seja parte fundamental no ensinamento e na cooperação que leva ao aperfeiçoamento de ambos e de todos de seu convívio. No uso cuidadoso e preservado da faculdade mediúnica, na pratica da caridade, do auxilio doado, desinteressado e sem restrições a seus semelhantes, contribuindo para um retorno ao plano espiritual certos do cumprimento de seus principais desígnios.

Criança – Ibeji (Cosme, Damião e Doum)

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, desta Luz e Energia Criança, representada por Ibeji o Orixá mirim, toda a pureza e inocência dos bons e positivos pensamento, do carinho sem limites, da doação sincera de amor verdadeiro que é marca principal desta Linha, tão próxima dos planos de Luz e do contato com Oxalá. Fazendo com que sintam a paz que dá ao espírito a sensibilidade, firmeza e a resistência para não se influenciar pela malícia, pelo descaso de toda ordem e a maldade que prejudica e danifica a essência da alma, bloqueando os bons sentidos que alimentam a alegria espontânea, sempre presente e leal companheira, desinteressada e livre de qualquer apreço material, valorizado somente o viver para amar, ensinar e aprender. Do compartilhar, do saber ouvir, do compreender, do saber justo se colocar no lugar do outro, do olhar sem julgamentos, da moderação do se expressar e do falar com verdade, firmeza e respeito, despojado da mínima ofensa ou má interpretação.

O estimular forte e vivo do sentimento de família, de fraternidade, de profunda união em todos os sentidos, do aceitar consciente e não submisso e dissimulado, que provocam chagas no espírito ao longo do tempo. Mas acima de tudo e principalmente o despertar do amor materno convicto e inabalável, que a todos contamina, acima de qualquer outro sentimento, mas nunca acima da razão e da lógica moderada pelo coração, evitando exageros e desvios na formação do espírito. O nascer do amor paterno responsável, protetor, orientador que dá guarida e destaque ao laço da criação para a vida e evidencia o sentido do ser Pai cuidadoso e devoto, na melhor semelhança a Oxalá.

Esquerda (Exu, Pomba Gira e Exu Mirim)

Recebam, a partir deste momento na Umbanda, dos Orixás guardiões da Linha de Esquerda, toda proteção, amparo, limpeza e bloqueio que se antecipa, previne e preserva de todo e quaisquer mal, influências e interferências, vindas de emanações maléficas, demandas, que possam atingi-los, enfraquecê-los física, mental e espiritualmente, prejudicá-los no encaminhamento de suas vidas, de forma individual, afetando seus íntimos, seus sentimentos, emoções e equilíbrio ou na união e convívio harmonioso, afetuoso, respeitoso e feliz do casal.

No convívio com seus familiares, no alcance de seus objetivos pessoais e dos seus desígnios no cumprimento da jornada espiritual, mantendo a presença continua, incansável, determinada e atenta aos mínimos detalhes, características marcantes desta Linha. Sempre observando e impondo de forma organizada, com toda sua força e estrutura de combate e contenção, todos os cuidados e retaguarda firme e bem postada no auxilio e no êxito de cada etapa da evolução dos dois e de cada um, e da mesma forma em firme aliança com todas as Linhas espirituais de Direita, contribuindo para amenizar os efeitos dos momentos de dificuldade, sofrimentos e aflições necessários ao aprimoramento espiritual de ambos.

Que o compromisso, a lealdade e o respeito que estes Orixás Guardiões de Esquerda prestam ao seu Criador e o Líder supremo de todos os Orixás e do Universo, Oxalá, e de forma sem medida que se possa calcular, toda confiança e apoio sem igual poder de energia e inteligência no lidar com toda espécie de maldade que desvirtue o crescimento espiritual, dada por Oxalá a estes fieis seguidores, sejam os exemplos a serem seguidos pelo Casal, estendendo estes mesmos sentimentos a sua vida em união, a tudo e a todos a sua volta, leais a sua fé, ao espírito, a Umbanda, religião que optaram em seguir, observando seus propósitos, valores espirituais e diretrizes de conduta, comportamentos e atitudes que os façam merecedores de todo amparo que virá de cada uma das Linhas e Planos Espirituais de cada uma das Entidades e de todos os Orixás encabeçados por Oxalá sob o olhar da maior fonte de amor misericordioso que existente, Pai incontestável de todos nós, Deus.

Carlos Feitosa

Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde
Mentora e Babá Sônia Moreno