• Seja bem vindo !

    Este site foi criado com o objetivo de divulgar a Umbanda e seus ensinamentos, atingindo não apenas os que frequentam nosso Templo, mas todos que se interessarem pela religião. Aqui você encontrará textos sobre rituais e normas de nossa Casa, reflexões da nossa Mentora, preleções das Entidades Chefes, temas desenvolvidos por médiuns da Corrente e de Saúde e Medicina Espiritual. Leia Mais
  • Nosso Livro

    O livro "Mensageiros da Espiritualidade" traz relatos ditados pelas Entidades Chefes e pela Mentora Espiritual do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em um manifesto aos seus filhos, frequentadores e à humanidade, sobre os preceitos e conduta que regem a Umbanda Sagrada nos dias atuais... Leia Mais
  • Conheça nossa página do FaceBook

    https://www.facebook.com/Templo-Espiritual-De-Umbanda-Caboclo-Pena-Verde-212423025776472/ Leia Mais

Semeadores de Oxalá

 

Todos aqueles que têm a missão de ensinar e orientar são denominados semeadores. Semeadores de lições, de orientações e de condutas. As sementes são as palavras, que unidas formam frases e das frases as lições. Essa imensa quantidade de palavras-sementes, são plantadas naquele que as escuta e o destino delas depende apenas dele e do tipo de terreno que ele é.

 

Existem terrenos novos e muito ricos, nele a semente logo brota e cresce. Porém, suas raízes não acompanham seu crescimento e a planta não dura muito tempo, e volta ao solo como fertilizante, que poderá servir de substrato para novas semeaduras.

Terrenos mais desgastados não tem mais força para germinar todas as sementes. Algumas brotam, mas ficam isoladas, e sozinhas ficam mais a mercê de todas as adversidades e logo nas primeiras chuvas fortes e ventanias, acabam morrendo. Mas, assim como todas, poderá servir de substrato para novas tentativas.

Os terrenos totalmente inférteis também são semeados. As sementes caem e lá ficam dentro de suas cascas, esperando a possibilidade de um dia brotar.

Existem aqueles que vão acumulando substrato no seu dia-a-dia, vão regando seus terrenos diariamente, vão jogando sementes todo momento e cultivando-as com ponderação, respeito e carinho. Essas sementes brotam e com toda firmeza vão criando raízes profundas e sólidas que nem o maior temporal poderia arrancar. Seu caule vai se desenvolvendo e logo se torna um tronco espesso e intransponível. Acima vem a copa que primeiro se enche de flores lindas e perfumadas que atraem todos que por ela passar e, por fim, com o amadurecimento dá os frutos que serão colhidos por aquele que os cultivou, dentro, guardam novas sementes que deverão ser espalhadas para todos que delas necessitarem.

Não existe terreno que não possa mudar, se fortalecer, refletir e dar até frutos, eventualmente. O terreno mais novo e imaturo, vai juntando substrato de todas as plantas que tentaram criar raízes fortes, até que se torna um terreno maduro e pronto para formar árvores frondosas. Os terrenos desgastados, já machucados e descrentes, podem ir se fortalecendo com cada plantinha isolada que insistir em brotar, até o momento que todo o solo fica coberto por substrato fértil necessário para o surgimento de um jardim coberto de flores e árvores frutíferas. Até mesmo nos terrenos totalmente inférteis as sementes são lançadas e lá ficam por dias, meses e até anos, protegido por sua casca, esperando um dia a água e os nutrientes necessários para quebrá-la e se desenvolver em uma linda planta.

Essa é a função das Entidades e Orixás, que com paciência, amor e perseverança, vão jogando suas sementinhas, independente do terreno que encontrarão. Não importa se elas irão brotar no mesmo momento, em dias, em meses, em anos, no momento da passagem ou até depois dela. As sementinhas ficarão dentro de cada um, esperando o amadurecimento que vem da reflexão de cada um, para um dia germinar, crescer, desenvolver-se e dar frutos e desses frutos novas sementes deverão ser espalhadas por aqueles que aprenderam as lições ensinadas.  E é com a fé inabalável como a árvore mais frondosa de raízes profundas que elas mantêm sua semeadura e que deverá ser regada com reflexões no dia-a-dia, pensamentos positivos diariamente, a caridade todo momento, dessa forma, atrairão energias positivas e atingirá o momento de colher o fruto da evolução espiritual e espalhar todo o conhecimento aos seus irmãos se tornando também um semeador de Oxalá.

Escrito por Renata G.Costa, Médium do Templo de Umbanda Caboclo Pena Verde

Mensagem do Preto-Velho:

"Si ocê tive indento dum Tempu cumu u Cabocu Pena Vede, i ocê sinti iscore água dus oio, pru modi das palava di sabiduria dus espritu cumunicado, ocê num si ingani não, poi num inhé água di choro qui brota dus oio da carne, invém da água dus pingo di insinamentu qui si bota nus oio du espritu, so pra modi diele exega mio.  I podi iscore dimai o poco independe du ardor qui vai traze prus oio du espritu qui tivé u sintido prontu du aprende, prus qui num tivé, num vai passa dum ciscu qui incumoda i si arranca sim faze infeitu ninum pru pobri, qui vai si ficandu cadi veis mai cegu inté te qui usa da mão pra aparpa o dus otru pra mode di anda trupicanu nu escuru da amargura i du sufrimentu. Intonse ocêis presti bem da atenção nus insinamentu, inquantu intem tempo, inquantu intem sarvação. Ium cegu dus oio da carne inhé passagero, dus oio du ispritu num inhé não."

Palavras proferida pelo Preto Velho Jeremias que atua nos trabalhos de consulta do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde.