• Seja bem vindo !

    Este site foi criado com o objetivo de divulgar a Umbanda e seus ensinamentos, atingindo não apenas os que frequentam nosso Templo, mas todos que se interessarem pela religião. Aqui você encontrará textos sobre rituais e normas de nossa Casa, reflexões da nossa Mentora, preleções das Entidades Chefes, temas desenvolvidos por médiuns da Corrente e de Saúde e Medicina Espiritual. Leia Mais
  • Nosso Livro

    O livro "Mensageiros da Espiritualidade" traz relatos ditados pelas Entidades Chefes e pela Mentora Espiritual do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, em um manifesto aos seus filhos, frequentadores e à humanidade, sobre os preceitos e conduta que regem a Umbanda Sagrada nos dias atuais... Leia Mais
  • Conheça nossa página do FaceBook

    https://www.facebook.com/Templo-Espiritual-De-Umbanda-Caboclo-Pena-Verde-212423025776472/ Leia Mais

Iansã em seu dia de festa

Iansã em seu dia de festa

Minha mãe é Oyá!

Minha mãe é Valente, de temperamento forte como alguém que sabe o que quer ou às vezes, negativamente como alguém que não aceita algo, ela é livre como o vento e de tantas coisas lindas que vejo e sinto nela a INDEPENDÊNCIA é a vibração que me enche o coração de orgulho. Iansã é dona da minha coroa, dona do lar Pena Verde onde encontro refúgio, dona das coroas de mulheres que irradiam luz e têm em suas missões trazer entendimento sobre o Real viver no bem, Ana, Sônia e Renata.

Iansã na mitologia Yorubá era esposa de Ogum mas Xangô é seu grande amor.O que eu entendo por isso?

Ela amava a lei e a ordem que coloca tudo em seu devido lugar, mas nada para ela é tão mais lúcido do que a Justiça.Veja a reação de uma filha de Iansã sobre algo errado, principalmente quando alguém é muito prejudicado em favor de outro injustamente.

É fúria! 

Olhem para o céu em um dia de tempestade... É ela, minha mãe Espere passar e verá o céu limpo e o ar fresco porque assim como a tempestade ela precisa explodir para então absorver, transmutar algo ruim em um aprendizado.Quando os trovões ecoam é Xangô tentando acalmá-la

Veja o nascer do sol, é Iansã!

Veja o pôr do sol em um céu rosado, é Iansã!

Sinta a vibração de Iansã ao som dos atabaques, ela te levanta, ergue tua cabeça, te faz honra e te ergue para que andes para frente.

Eu sou de Iansã!

 

Texto de Juliana Dantas, médium do TEUCPV